940f3598-8112-46a3-ad40-2dea07c5f8f2-Copy

1º Expo Osasco – Aconteceu dia 10/03/2019

E a 1ª Expo Carros foi um sucesso!! Os apreciadores das máquinas maravilhosas puderam conferir, apreciar e relembrar os carros que fizeram e fazem parte da vida de todo amante da velocidade!!!

Além disso, as atrações musicais animaram quem compareceu!! O som da galera do Hip Hop do Manos Urbanos e o Rock n’ Roll de Os Kurandeiros, E muita diversão para garotada com área de recreação! O eventos são assim…. São atrações para toda a família!! Fique ligado!!  Além dessas atrações, contamos com medições oficiais realizadas pela equipe MTM Brasil e ainda o DJ CP e equipe que levantou a galera presente com reportórios  para relembrar os Flash Backs.

Gostaríamos de agradecer a todos presentes no evento, em especial as equipes organizadoras:

Baladacar / Baixos Z/Oeste / Zero Springs / Garagem 268 / Suave na Nave

 

WhatsApp_Image_2019-02-02_at_15.22.097-Copy

Evento de Gala MTM BRASIL e abertura temporada 2019

Fala galera da MTM, venho hoje falar do EVENTO DE GALA! Todo grande esporte tem sua PREMIAÇÃO aos melhores do segmento, em nosso setor não poderia ser diferente! A MTMBrasil como a maior do Brasil  sente na obrigação de assumir esse papel, pois SOMOS A ENTIDADE PRIVADA pioneira neste setor, que está ai a 23 anos.(desde 1996)

Em 2010 quando inauguramos nossa cede própria a mesma foi pensada já para atender todas nossas necessidades, sendo uma delas A CELEBRAÇÃO DOS MELHORES DO NOSSO MUNDO.
Neste ano de 2019 fizemos a certificação dos melhores de 2018, sendo que SUPERAMOS todas nossas expectativas, pois conseguimos reunir pessoas de 4 países e 15 empresas que patrocinam nosso campeonato lá estiveram para RECEBER em cada categoria sua placa! Assim certificando  seu resultado na temporada.

Este grande evento reuniu certa de 150 pessoas, que tiveram suas certificações entregues pelo piloto e apresentador do programa AUTO ESPORTE DA REDE GLOBO o Cezar que ao fim do evento fez uma curta palestra motivacional, assim dando muito animo para a nova temporada.
Nos da MTM ficamos muito orgulhosos por receber em nossa CASA todos, pois desta forma MOSTRAMOS QUE SOMOS UMA EMPRESA SÉRIA e comprometida com o SETOR.

O evento foi realizado em 3 dias sendo:
Na quinta feira um treinamento para mais de 80 lojistas em nosso CT(centro de treinamentos)  de cursos, onde a FLEXITRON falou tudo sobre seus produtos.
Na sexta feira o evento de GALA aconteceu em muito grande estilo, com direito a muita emoção na entrega das PLACAS e também na exposição de carros.
Sábado tivemos algumas medições, que homologaram marcas para 2019, mas que tinha o principal objetivo que seria a matéria feita desde a sexta feira pelo YOUTUBER ALE do canal 7008 filmes que tem mais de 1 milhão de inscritos.

 

uber

Empresas de ônibus pedem fim do Uber Juntos e ressarcimento por perda de passageiros

Empresas de ônibus pedem fim do Uber Juntos e ressarcimento por perda de passageiros

Operadoras de 15 cidades alegam que serviço configura transporte coletivo irregular e pedem regras iguais. Em São Paulo, consórcios dizem ter prejuízo e querem compensação financeira.

Depois da disputa com os táxis, o Uber agora está na mira dos ônibus. Desta vez, o motivo de discórdia é o Uber Juntos, modalidade do aplicativo que permite a usuários que percorrem trajetos parecidos compartilharem a mesma corrida.

As empresas de ônibus alegam que o serviço configura transporte coletivo irregular e já acionaram o poder público em 15 cidades para tentar barrá-lo. Em São Paulo, consórcios pedem compensação por prejuízos decorrentes da perda de passageiros e a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) diz que no ano passado apreendeu carros ligados a apps em situação de clandestinidade.

Já foram apresentadas queixas em São Paulo, Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS), Fortaleza (CE), Aracaju (SE) e Maceió (AL), além de nove cidades da região metropolitana do Rio de Janeiro. Nas duas últimas capitais citadas, o serviço ainda não está disponível.

A Uber diz que o serviço Uber Juntos funciona atualmente em apenas seis cidades.

As companhias de ônibus dizem que o Uber Juntos faz concorrência direta e “predatória” com os coletivos sem estar submetido às mesmas regras que eles, como a necessidade de contrato por licitação, regulação e preços fixados, a obrigatoriedade de rodar em regiões e horários de pouco movimento, além da gratuidade para idosos e estudantes.

Elas argumentam que perdem passageiros e temem que as viagens compartilhadas por aplicativo evoluam para veículos com capacidade para transportar mais pessoas, como já existe na China.

A Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU) estima que a fuga de demanda pode ficar entre 5% e 7%, a princípio. “Isso pode crescer se o modal sair do automóvel e passar para uma van, por exemplo. Esses são os riscos que a gente tem pensado”, diz o presidente Otávio Cunha. Para ele, o Uber Juntos “é o táxi lotação travestido de nova tecnologia”. A entidade coordena o movimento e já apresentou carta à Frente Nacional dos Prefeitos.

Compensação financeira

Em São Paulo, as quatro concessionárias que operam as linhas que ligam a capital às regiões metropolitanas pedem, além de que o Uber Juntos seja coibido ou submetido às mesmas regras que os ônibus, uma compensação financeira pela suposta queda na arrecadação em função da perda de usuários para o aplicativo.

As companhias solicitaram à Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), que fiscaliza e regulamenta o transporte na região metropolitana, a instauração de um processo administrativo para “recompor o equilíbrio financeiro” em seus contratos de concessão.

“O Uber Juntos faz a mesma coisa [que o ônibus], que é chegar a alguns destinos a partir de pontos em que ele passa, sem ter que arcar com os ônus da regulação. Quando [o carro] pega quatro, cinco pessoas [em uma mesma corrida], muitas vezes o valor se aproxima do do transporte público. Isso tira passageiros e interfere em todo o cálculo complexo da tarifa”, diz Ivan Lima, advogado do Setpesp, sindicato que representa os consórcios.

“[Se houver prejuízo], vai implicar em uma tarifa maior no próximo reajuste tarifário”, emenda Lima.

Outra possibilidade, segundo ele, é de que esse ressarcimento seja feito em forma de pagamento direto da diferença pelo estado às empresas.

O último reajuste tarifário passou a valer neste domingo (20) e ficou em 6,45%, na média,acima da inflação oficial para o ano passado, de 3,75%. A correção dos valores varia de linha para linha.

Carros irregulares apreendidos

A EMTU confirma o recebimento da notificação das companhias. A gerenciadora diz, no entanto, que os contratos em vigor já contêm cláusulas que garantem o equilíbrio financeiro e que não há necessidade de abertura de processo administrativo.

“Uma das obrigações da EMTU/SP para assegurar o equilíbrio econômico dos contratos é a fiscalização sistemática e combate aos serviços de transporte não regulamentados e/ou clandestinos pelo poder concedente”, diz em nota.

A EMTU afirma que, para fazer o transporte coletivo metropolitano, condutor e veículo precisam ser cadastrados na Secretaria de Estado de Transportes Metropolitanos (STM). Sem cadastro, o veículo é apreendido. No ano passado, 754 veículos em clandestinidade foram retidos em ações de fiscalização feitas pelo órgão junto da Polícia Militar. Desse total, quase metade (365) eram carros de passeio, “ligados ou não aos aplicativos que oferecem transporte individual”.

O Uber Juntos começou a funcionar em São Paulo no dia 30 de outubro. A EMTU não divulgou quantos dos veículos em situação irregular foram apreendidos depois dessa data nem quantos eram relacionados aos apps.

O SPUrbanuss, que representa as empresas que operam o transporte público dentro da capital, também apresentou queixa contra o Uber Juntos à Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes. A pasta confirma o recebimento da carta e diz que “analisa as informações recebidas”.

Até agora, segundo a NTU, nenhuma das notificações gerou medidas concretas ou sinalizações de que o serviço pode ser proibido ou obrigado a atender às mesmas exigências que os ônibus.

Outros apps

Das cartas endereçadas ao setor público a que o G1 teve acesso, apenas a das empresas de ônibus de Belo Horizonte cita outro aplicativo de transporte que não o Uber, o 99. A capital mineira é a única cidade onde a empresa opera, ainda em teste, uma modalidade similar ao Uber Juntos, chamada 99Compartilha (antigo 99 Pool+).

A companhia diz que não foi notificada pela prefeitura de BH ou qualquer outro órgão sobre o tema e que “entende que não há impedimento para o exercício da atividade e, por isso, segue acompanhando regulamentação do transporte por aplicativos e mantém diálogo constante com poder público”.

Segundo pesquisa da NTU e da Confederação Nacional dos Transportes (CNT), em 2017, 2,1% dos passageiros que deixaram de usar ônibus ou passaram a fazer menos viagens migraram para serviços oferecidos por aplicativos de transporte.

“O transporte público jé é mal avaliado pela população. E ainda falam que é caro. Muito pior vai ficar se acontecer essa concorrência predatória”, diz Cunha, da NTU.

AR-CONDICIONADO-Copy

Ar-condicionado: veja como manter o sistema limpo e saudável para o verão!

Ar-condicionado: veja como manter o sistema limpo e saudável para o verão

Companhia indispensável no calorão, o ar-condicionado também pode trazer malefícios por acumular fungos e bactérias. Você mesmo pode fazer a limpeza do sistema.

Com um verão de temperaturas recordistas e sensações térmicas que ultrapassam fácil os 50°C, o ar-condicionado é um importante aliado no trânsito – em alguns casos, porém, ele pode tornar-se vilão por exalar um ar de má qualidade e com mau cheiro.

Esse problema ocorre quando há a presença de micro-organismos como fungos e bactérias no sistema. Eles aparecem por resquícios de materiais orgânicos nos dutos e no filtro do ar-condicionado (também conhecido como filtro de polén e/ou de cabine) alimentados pela umidade.

Para quem sofre de doenças respiratórias, como rinite e sinusite, a percepção é imediata mesmo que o odor de mofo não esteja tão forte: as vias aéreas se fecham e surge o desconforto pela dificuldade de respirar.

Veja 2 dicas que podem ajudar na limpeza do ar-condicionado:

  • 1)Mau cheiro leve e esporádico:

Neste caso mais brando, com o veículo em movimento e a caminho de casa, ligue a ventilação interna na temperatura mais alta e com a maior intensidade possível.

Abra os vidros do carro para diminuir o desconforto do vento forte e quente e mantenha esse ritmo por pelo menos 20 minutos antes de estacionar o veículo.

Chegando em casa, mantenha o ar ligado até que você recolha suas coisas, suba os vidros e desligue os faróis. Desligue o motor por último e deixe que o carro passe a noite totalmente fechado.

A proposta é secar toda a umidade que possa estar acumulada nos dutos e no filtro.

  • 2)Mau cheiro leve e constante:

Aqui será necessária a utilização de um spray bactericida próprio para higienização de ar-condicionado automotivo – é possível encontrar o produto em lojas de itens automotivos em embalagens de 300 ml.

Apesar de ter aplicação simples, o bactericida merece cuidados no manuseio: mantenha o ar-condicionado no modo “recirculação” e com ventilação mais intensa, e feche os vidros. Uma vez acionado, o spray pulverizará o produto até o final.

Por isso, deixe a embalagem apoiada em algum local reto da cabine, como o console central ou o assoalho. Saia do veículo e deixe que a mágica aconteça sozinha do lado de dentro. Por estrar no modo de “recirculação”, o produto passará automaticamente nos dutos do sistema.

Após 30 minutos você poderá abrir vidros e portas para ventilação natural.

O que fazer se o mau cheiro persister às duas etapas anteriores:

Neste caso, a melhor solução é levar o veículo em uma empresa especializada em ar-condicionado automotivo para desmontar o sistema e a higienizar os componentes internos.

Essa situação acontece em veículos que ficam muito tempo sem a manutenção necessária no ar-condicionado. Cidades à beira mar ou em regiões muito úmidas, como serras, exigem maior cuidado.

Além do ar-condicionado

A limpeza de bancos e carpetes também é de grande importância para garantir a boa saúde dos ocupantes dos veículos. O acúmulo de resíduos de comida, como migalhas e açúcar, juntamente da umidade, criam um ambiente propício para a proliferação de fungos e bactérias.

Se você é daqueles que curte lavar o carro em casa, não esqueça de dar um talento na parte interna – existem produtos específicos para bancos, carpetes e painéis que valem (e muito) a pena.

JeannFM-6050-1160x773-Copy

Hot Wheels inaugura área temática no Beto Carrero

A Mattel começou uma ação especial com a Hot Wheels no parque Beto Carrero World. A empresa irá apresentar o Hot Wheels Epic Show para até três mil pessoas todos os dias. O show tem manobras radicais com 14 carros, seis motos e até um caminhão, que irão performar para o público.

A área de 30 mil metros quadrados dentro do parque usada especialmente pela Mattel também inclui uma pista de carrinhos elétricos para crianças e outra pista de kart, todos com inspiração nos famosos carrinhos de brinquedo. O espaço é o maior do mundo feito pela Hot Wheels.

Loja de Hot Wheels

Há também uma loja com toda a linha de produtos da Hot Wheels, como pistas, garagens e outros acessórios, além dos próprios carrinhos. Uma seção também fará os visitantes interagirem com a gama de modelos. O comprador pode adquirir uma embalagem vazia com espaço para seis carrinhos. O pacote será preenchido de acordo com a escolha do cliente, entre 40 opções possíveis.

Os ingressos custam entre R$ 100 e R$ 390 por pessoa, de acordo com a idade do visitante, data escolhida e quantos dias de visita serão escolhidos.

 

Cleaning-Interior-4-1160x775-Copy

Manter o carro limpo é mais fácil do que parece!

Além de passar a impressão de desleixo e falta de cuidado com o carro, a sujeira pode danificar a pintura a longo prazo e desvalorizar o veículo. Manter a limpeza do automóvel está cada vez mais fácil. Além de processos variados de higienização, que também têm preços bastante diversificados, atualmente há até aplicativos que permitem agendar limpezas na hora e lugar que o consumidor escolher (como o Easy Carros e o Washer). Assim, falta de tempo deixa de ser problema.

Duchas em postos de abastecimento têm preços que variam de R$ 10 a R$ 20 e podem chegar a até R$ 40 se forem com cera especial. Porém, há várias outras modalidades.

Na Autone, por exemplo, há um serviço chamado Polimento Profissional, em que partes delicadas do veículo são cobertas com fita adesiva e uma massa de polir é aplicada com uma máquina própria. Em seguida, o carro recebe aplicação de cera. O serviço custa R$ 290 e retira até pequenos riscos da lataria. O mesmo procedimento é feito em outras lojas, com preços de até R$ 320.

Já a higienização interna, que varia de R$ 120 a R$ 250, resolve problemas como proliferação de fungos e bactérias e remove cheiros desagradáveis. Sem os serviços externos de carroceria, a limpeza da cabine leva 30 minutos para ser feita em qualquer tipo de veículo. Há a lavagem dos bancos, teto, lateral de porta, painel e carpete, além da aspiração.

Partes mais sensíveis do carro são limpas com um pincel com cerdas macias e flanela. Certas lojas usam um extrator para sugar o resto de sujeira que a aspiração comum não consegue. Ele também “captura” algumas bactérias.

753-habilitao-ok-Copy

Motoristas com CNH profissional poderão fazer curso de reciclagem para zerar pontuação.

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran), comunicou na última semana que os motoristas com CNH profissional, que inclui as categorias “C”, “D” e “E”, poderão fazer um curso de reciclagem para não terem a carteira de habilitação suspensa. A medida, que está prevista na resolução 723 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e entrou em vigor este mês, vale para os condutores que exercem função remunerada e que acumularem entre 14 e 19 pontos de infração.

O curso é opcional e dá ao motorista transgressor a possibilidade de retirar da carteira os pontos acumulados pelas infrações de trânsito. O processo de reciclagem é o mesmo que já existia para reabilitar os condutores com a CNH suspensa.

Para ter direito de participar do curso que irá zerar os pontos na CNH, os interessados devem comparecer a uma das unidades do órgão de trânsito para entrar com o pedido da autorização. Com a permissão em mãos, os motoristas contraventores têm um prazo de 15 dias para ir até uma autoescola e iniciar o curso, que tem duração de 40 dias. No final da instrução, uma prova de 30 perguntas será aplicada e para ser aprovado o educando precisa acertar ao menos 70%delas, ou 21 questões.

A polêmica medida, que para alguns especialistas poderá gerar um aumento de infrações de trânsito, foi justificada em nota pelo diretor-presidente do Detran, Maxwell Vieira: “O motorista profissional passa muitas horas ao volante. A reciclagem preventiva permite que ele reavalie sua conduta no trânsito quando ele está com grande risco de ter a CNH suspensa, o que o impediria de trabalhar”, diz.

 

Fonte: Auto Esporte

Saiba quanto tempo deve esperar após ingerir bebida alcoólica para dirigir…

Todo mundo que dirige e gosta de tomar aquela cervejinha de vez em quando, mesmo sem exagerar, volta e meia é tomado pela dúvida: quanto tempo depois de beber posso dirigir?

É claro que a melhor solução é ir de carona com alguém que não bebe, de táxi, Uber, ônibus, bicicleta… O que quer que seja. Mas nem sempre essa opções são práticas e viáveis.

Imagine que você vai em um churrasco de aniversário de uma pessoa, no fim de semana, em uma cidade vizinha.

Você dirige até lá, vê todos os amigos tomando cerveja, não resiste e pega um copo também. Na hora de ir embora, pergunta-se quanto tempo depois de beber posso dirigir.

Essa pergunta deve ser feita mesmo quando você se sente completamente apto a dirigir – já que os vestígios de álcool no organismo, flagrados com o bafômetro, são diferentes dos efeitos da bebida.

É possível ter álcool na corrente sanguínea e não se sentir embriagado. Quando o consumo é demasiado, no entanto, não tem jeito: diminuição dos reflexos e da capacidade de raciocínio, sonolência e desatenção estão entre os sintomas comuns.

De qualquer maneira, aqui vamos falar mais sobre as provas de embriaguez que estão dentro do organismo. Então, leia o artigo até o fim e descubra quanto tempo depois de beber posso dirigir.

 

Com o rigor da lei nos moldes atuais e voltando ao tema central deste texto, o que os motoristas querem saber é quanto tempo depois de beber posso dirigir sem correr o risco de serem multados.

A questão é que, mais cedo ou mais tarde, todo o álcool consumido é eliminado do organismo.

O problema é identificar quando isso acontece. Você bebeu, esperou, e agora? Será que já é uma hora boa para dirigir sem ser multado?

Talvez a única maneira de ter uma resposta confiável a essa pergunta é adquirindo um bafômetro aprovado pelo Inmetro, de mesmo modelo utilizado pelos órgãos de trânsito.

Se você não estiver disposto a fazer essa compra, vamos tentar buscar uma maneira de estimar quanto tempo depois de beber posso dirigir.

Quanto Tempo o Álcool Permanece no Sangue Após o Consumo

Essa é uma questão chave para determinar quanto tempo depois de beber posso dirigir.

De acordo com o médico Ronaldo Laranjeira, PhD em Dependência Química, a medicina trabalha com o conceito de que o organismo humano se livra de uma dose de álcool por hora.

Laranjeira explicou isso em uma entrevista ao portal UOL. Uma dose de álcool, segundo ele, pode se tratar de uma taça de vinho, um copo de chope ou uma dose de destilado.

Com essa quantidade de bebida, o álcool levará uma hora para ser metabolizado pelo fígado.

Ou seja, se tomássemos isso como regra, o tempo de uma hora seria a resposta para a pergunta “quanto tempo depois de beber posso dirigir?” Mas não é tão simples.

O médico faz uma ressalva importante: “Se o indivíduo bebe com o estômago vazio, os efeitos do álcool pelo corpo podem aparecer mais rápido, assim como o corpo feminino demora mais para metabolizar o álcool“.

unnamed-Copy

Aplicativo permite fazer transferência de multa para outro motorista através de uma selfie

O aplicativo do Detran SP, disponível para Android ou iOS, inaugurou um novo recurso que permite transferir a pontuação de uma infração para outro motorista de uma maneira bem simples: com uma selfie e assinatura digital.

Aplicativo Detran (Foto: Divulgação)

O acesso ao novo recurso de indicação de condutor exige um login com usuário e senha, assim para a solicitação da 2ª via da CNH e pesquisa de pontos . O cadastro é feito pelo portal do Detran. Após fazer o login, o proprietário pode acessar o ícone “indicação de condutor”.

No próximo passo o usuário terá acesso apenas às infrações que permitem indicação de condutor, ou seja, aquelas dentro do prazo permitido desde o auto da infração.

Nesse momento, é preciso selecionar a infração correta, conferir todas as informações, incluir os números do CPF e da CNH, tirar uma selfie com a própria câmera do celular e assinar a tela com o dedo. Pronto. Segundo o Detran, o procedimento estará completo

Em seguida o mesmo procedimento deve ser feito para a identificação do condutor. Pronto. Segundo o Detran, o procedimento estará completo. Ao final de todo o processo, o motorista recebe uma notificação de análise. O andamento pode ser consultado pelo próprio aplicativo ou no site.

Mas atenção: o recurso só vale para autuações de responsabilidade do Detran SP, ou seja, autuados pela Polícia Militar dentro do perímetro urbano. Nos casos de multas aplicadas por outros órgãos, como os municipais, deverão ser protocoladas diretamente com eles. Além disso, o proprietário deve ser registrado no Estado de São Paulo, caso contrário, o Detran recomenda que ele compareça a uma unidade fixa de atendimento ou nos correios e realize o processo fisicamente.

Identificação do condutor

As multas são sempre registradas no veículo, com base na placa, por isso, a autuação está sempre no nome do proprietário do veículo. Quando esse não é o caso, é possível fazer o procedimento para a identificação do condutor reponsável pela multa, para que ele receba a pontuação na carteira e não o proprietário do veículo. 

O trâmite pode ser feito pelo correio, presencialmente ou pela internet. Esse procedimento está previsto resolução 404/2012 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

newsmonomarcass_150x150-Copy1

O que é Ranking Mono Marcas?

Sobre o Ranking Mono Marcas, este tem a função de separar os competidores pelas marcas de amplificadores e alto falantes, desta forma classificar os melhores competidores PRIVADOS, cada fabrica patrocinadora da MTM, vai anunciar os prêmios e categorias que iram PREMIAR seu competidores que vão ter sua classificação de acordo com o RANKING , você competidor da marca xxx pode ver talvez que o competidor yyy esta em primeiro , ma você sabe que ele é um competidor PATROCINADO, então você pode já desconsideram ele como seu concorrente pois a própria fábrica irá usar este quesito.
Quais marcas aderiram o RANKING MONO MARCAS ? quais serão os prêmios ?
Ainda não temos a informação pois isto e algo novo que esta sendo estudado por cada empresa, e assim que decidido será anunciado aqui no site MTM e em nossa redes sociais.

Nosso Whatss para duvidas e sugestões é 14 998734853 falar com Luiz Henrique